TRÂNSITOS ASTROLÓGICOS DA SEMANA (16 A 22 DE AGOSTO)

A semana que vai do dia 16 a 22 de agosto começa com o Sol fazendo aspecto favorável com Marte: no domingo, tire um tempo para ouvir o estímulo cósmico para a iniciativa e a movimentação, seja através de um exercício físico ou start de uma ideia. É também um bom dia para programar sua semana, através da análise, da reflexão e do planejamento! Uma forma de fazer isso é conhecer os trânsitos astrológicos diários e entender como o macrocosmos é uma representação do microcosmos.

Por isso, saiba que na segunda, 17, temos Lua entrando em Leão na madrugada, às 2h40. Quando a Lua transita por Leão a energia solar se faz presente através da alegria, da espontaneidade, da vaidade. O olhar se volta mais para nós mesmas e paira uma intuição visceral no ar – características que podem ser muito bem utilizadas quando canalizadas. É na segunda que rola uma interação super harmoniosa entre Sol, Mercúrio e Marte, os três em signos de fogo. Uma oportunidade de não só alinharmos o que realmente queremos com nossos pensamentos, como também com a nossa ação. É preciso coerência para que alcancemos o que desejamos. Ser coerente é um desafio diário que exige auto observação, e principalmente, coragem para reconhecermos nossas próprias e silenciosas hipocrisias.

Na terça, 18, é Lua Nova. Um novo ciclo se inicia – momento de introspecção e semeadura para que, com consciência, plantemos exatamente o que queremos ver crescer e florescer nessa nova oportunidade. É um convite para colocarmos no topo da lista o desenvolvimento de nossas potências e habilidades pessoais, aquelas que só nós temos. Carregamos uma força interior que por vezes passa despercebida. Lembre-se que ela está sempre ali, esperando para lhe dar a mão, e chegar ao seu objetivo. É na terça também que Vênus faz sêxtil com Urano. Vênus, que caminha por Câncer, tem trazido nossas necessidades emocionais à tona, aquelas mesmas que acabam por definir nossos valores numa relação. Urano chega para dar uma sacudida no que se tem enraizado: surge aqui uma necessidade de viver algo diferente, empolgante, fora do comum. Vale refletir sobre a liberdade dentro do sentir – você abre mão da sua em nome de uma segurança emocional? O contrário também cabe aqui, você consegue desenvolver uma relação sem medo do compromisso? Pontos a se pensar nessa Lua Nova.

“Por trás dos dias nublados, ainda há um Sol que brilha”

Quarta, 19, começa com a Lua entrando em Virgem, sendo acompanhada por Mercúrio, havendo um encontro dos dois astros. Mercúrio em Virgem está domiciliado, é onde se sente melhor e consegue se desenvolver de forma plena. Mercúrio durante seu trânsito por Virgem exacerba nossa capacidade de sintetização, de análise, de pesquisa. Mas também traz à luz do palco uma questão muito importante: a autocobrança. Virgem é tão ligado às minúcias, que a perfeição vira objetivo. É muito importante lembrarmos, todos os dias, que a perfeição é um ideal utópico que nem sequer é demonstrada. Ela não existe.

Na quinta, 20, a Lua em Virgem se opõe a Netuno em Peixes. O aterramento virginiano se confunde com divagações e imaginação exacerbada. A concentração fica prejudicada e aquela vontade de escolher o velho e bom escapismo pode surgir. É um dia onde algumas coisas podem cair por terra. Há uma clara confusão entre o que é fato e o que é criado por nós e isso pode levar a algumas decepções. Porém, há que se dar crédito às desilusões: elas são ferramentas do universo para nos chacoalhar. Sabemos o quão cristalizadas podemos ficar dentro de algo. A cortina de fumaça da idealização uma hora precisa se dissipar para que nos adaptamos a realidade como ela é.

Na sexta, 21, a Lua entra em Libra às 6h17 e faz um trígono com Saturno em Capricórnio. Saturno tem uma afinidade natural por Libra, o que nos coloca a pensar na relação entre a limitação e a disciplina e a harmonia e o equilíbrio. É um aspecto que traz acolhimento para esse contexto de isolamento social. É na sexta também que Marte começa a quadrar Saturno, mostrando que há desafios a serem enfrentados para que consigamos lidar de maneira leve com nossos impulsos mais primitivos.

Sábado, 22, o Sol sai de seus domínios leoninos e ingressa no signo de Virgem! Junto com a energia virginiana, chegam alguns aspectos desafiadores: além da quadratura de Marte e Saturno, a Lua quadra Vênus, Júpiter, Plutão e se opõe a Marte. É muita informação. Dia de respirar fundo, contar até 30 ou correr alguns quilômetros para lidar com a ansiedade e a inquietação. Vou usar aqui de um velho clichê: por trás dos dias nublados, ainda há um Sol que brilha.

Caroline Borges
Caroline Borges

Jornalista, comunicadora, terapeuta energética e astróloga em eterna construção pela vida. Trago saberes e incentivo sonhos no @ocosmosevoce.